• Rádio Carijinho FM

Homenagens marcam o Dia de Finados em Sobradinho


Por Robson Dias

Finado significa o que finou, findou, o que deixou de existir. Mas para a tradição religiosa, onde a morte não é o fim, mas a passagem para outra dimensão, este dia é marcado por manifestações de fé e homenagens àqueles que se crê mortos aqui mas vivos junto de Deus.


Foi nesse clima que o Cemitério Municipal de Sobradinho recebeu centenas de visitantes nessa terça, 2 de novembro, que levaram flores, acenderam velas e fizeram orações para seus ente queridos.


Presidida pelo padre Gelso Bernardy, a Missa celebrada as 09h00 teve o grupo Amor Eterno Apoio ao Luto, ligado às Organizações Rech, animando, entoando canções e realizando homenagens. Uma delas foi dirigida ao falecido João Sadi Krug, popular Papai Noel , devido à sua função nos Natais de Sobradinho. Na ocasião foi solto um balão em forma de coração, relembrando a vida deste que deixou marcas no coração dos sobradinhenses.


Na homilia, tradicional reflexão dentro do rito da Missa, padre Gelso utilizou trechos bíblicos para reforçar a fé católica de que a vida terá vitória sobre a morte. Segundo Bernardy, aquele que crê em Jesus Cristo jamais morrerá, que a morte não deve ser motivo de perturbação ao cristão visto que Jesus preparou um lugar para aqueles que partirem dessa existência.


Diante do calor intenso na manhã de Finados, grande parte do público acompanhou a celebração distribuídos entre as sombras existentes no recinto do Cemitério.